26 agosto 2006


Ola!
Depois de um mês no melhor pai­s do mundo, voltei pra contar como foi a minha experiencia.
A ideia principal, era todo dia escrever aqui sobre o que eu fiz, como um diario de bordo, mas nao vou mentir. A realidade eh que eu esqueci completamente do blog, inclusive lembrei dele essa semana (na minha terceira semana de volta ao Brasil). Entao vou detalhar por partes.
-> Dia do embarque.
Nossa, eu tava muito animada, mas a ficha nao tinha caido ainda. Ela meio que caiu quando fui fazer o check-in no guiche da Tam em Porto Alegre. O atendente me apavorou pra falar a verdade, falou que tinha que tomar muito cuidado em Sao Paulo, falou mal da minha agencia por nao ter ninguem para me orientar la, e disse que o aeroporto de sampa era pior que a rodoviaria de Porto Alegre. Tudo bem neh.Chegou a hora de dar tchau, toda fami­lia reunida, minha mae chorando e talz. Nao lembro se disse antes, mas eu fui com uma amiga de colegio, e com um guri que nao conhecia (mas que descobri nele uma amizade maravilhosa durante este mes em Toronto).
Chegando em sao paulo, tinhamos que trocar de aeroporto e quase acabamos perdendo o onibus da Tam que iria nos levar. Mas enfim chegamos! Partimos para outra fila (desta vez gigantesca�) do check-in na Air Canada. Tudo certinho. Descobri nessa noite que eu odeio andar de aviao, 10 horas inteira sentada, sem conseguir durmir, com filmes chaterrimos passando na televisao, com um grupo de 20 guriazinhas e gurizinhos de 12 anos dancando e falando besteira (senti muita falta do sotaque gaucho, paulistas que me perdoem, mas eu amo ser gaucha e amo meu sotaque). Ah, acho que minha ficha caiu, quando vi que as aeromocas(os) eram canadenses! Soh falando em ingles. E todos os avisos pra tripulacao em ingles e frances.
Pronto, aterrisamos no aeroporto de Toronto. Morrendo de medo, passamos pela imigracao, que ate que foi incrivelmente facil (nunca ninguem tinha me contado da imigracao canadense, soh a americana.. na qual revistam TUDO). Me bateu uma tristeza quando pegamos as malas, e vimos que era hora de se despedir (eu, minha amiga, e o outro guri). Mas qual foi a nossa surpresa quando vimos (eu e minha amiga) que iri­amos ficar na mesma hostfamily! Alias, nao era na mesma hostfamily... mas era na mesma familia. Ela ficaria na casa do avo e da avoh. E eu ficaria na casa da filha, do marido da filha e das filhinhas dela. Vimos o Dave (meu hostfather) com uma plaquinha com nossos nomes, e fomos com ele pra casa, ele acabou sendo mais legal do que eu esperava. Bom, amanha eu conto como foi o primeiro dia canadense. ;D

Ps: desculpa o texto sem acentos, mas nao sei botar acentos no blogspot. Se alguem souber, me avise ;P


By Thais -- 9:39 PM
|
  Thais, 16 anos, sou gaúcha, curso o 3° ano do segundo grau, estou indecisa quanto a faculdade, extremamente decepcionada com o brasil (após ter ido ao canadá e visto o que é um país realmente bom), estou com muitas saudades de lá, saudades de andar na rua sem medo de assalto, saudades dos carros lindos e caros nas ruas, saudades de ouvir as pessoas falando inglês a minha volta, saudade de tudo!

  Este é meu terceiro blog, criei com a idéia principal de ser um "diário de bordo", onde narraria o meu dia a dia durante meu mês no Canadá. Esqueci dele, porém vou continuar porque gosto

Segunda versão, com algumas fotos da viagem.
1. Niagara Falls (fronteira com estados unidos).
2. Eaton Center (Shopping famoso de toronto).
3. CN Tower (vista bem de baixo dela).
4. Bairro onde ficava minha homestay.
5. Minha homestay lindona!
6. Pessoal reunido (eu, minha hostfamily, minha amiga e sua hostmother)
7. Hersheys Store em Niagara falls.
8. Rogers Centre (estádio moderníssimo de Toronto)
9. Foto do telão do jogo de Football: Argonauts (CA) X BC Lions (USA).
10. Entrada do Wonderland (parque de diversões grandão e lindo!)

   

Kawaiiness.Com